Viajem especial

lourdes_maria (1)Toda a viajem é especial, pois viajar é descobrir lugares novos, pessoas novas e costumes novos.

Após a Maria Luísa completar um ano, meu pai e todos nós queriamos muito ir a Portugal no Santuário de Nossa Senhora de Fátima e no Santuário de Santa Eufemia, agradecer todas as bençãos e graças derramadas sobre a Maria Luísa e sobre nossa família.

Logicamente, tínhamos medo pois a Maria Luísa tinha apenas 1 anos e tínhamos medo dela ficar doente e não termos onde ir, com que falar.

Trouxemos todos os nomes de hospitais possíveis, todas as indicações e remédios necessários para viajarmos tranquilos.

Alguns dias de nossa viajem, planejamos ir a França, e lá em Lourdes.

Em Lourdes tivemos uma experiência maravilhosa.

Em visita ao Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, logo percebemos a paz e a santidade do local.

Vimos inúmeros enfermos indo buscar saúde, buscar sua cura, e com eles os inúmeros voluntários que empurram suas cadeiras de rodas e macas em direção ao santuário e lá dentro aos locais de oração.

Logo no primeiro dia, eu, Juliana, Duda e Malu, passamos em frente as piscinas que são abastecidas pelas águas santas que brotam do local da aparição de nossa senhora.

O senhor que tomava conta chamou a Juliana e as meninas, e disse seriam as últimas, ficamos insegura, não fomos de imediato.

Conversamos um pouco, e voltamos, ele disse só ela e as meninas.

Ela entrou para primeira experiência.

Para entrar nas piscina, primeiro você fica em numa ante sala, e todos que vão entrar na piscina tem de tirar a roupa e são enrolados em toalhas molhadas, depois entram na piscina de águas santas e caminhamos até a imagem de nossa senhora de lourdes em oração.

As pessoas que estão lá nos ajudando nos mergulham como em um batismo, ela, Duda e Luísa fizeram isso.

Elas saíram de lá maravilhadas, abençoadas.

Um momento único de oração, e de caminhada até a nossa senhora.

As mulheres e homens vão em separado, eu fui no dia seguinte com meu pai e peguei uma baita fila, que a Juliana e as meninas não pegaram.

Lá para nossa surpresa, encontramos jovens, adultos, velhos e crianças com síndrome de down, no santuário e em toda a cidade.

Foi uma surpresa nunca imaginávamos encontrar-los em tão grande número ali.

Mas o que mais me impressionou foi que não apenas nos o encontrávamos, eles nos encontravam e se comunicavam com a gente não por palavras mas pelo olhar e o sorriso.

Nunca esquecerei, quando estava sozinho na rua e passou um carro por mim, dentro dele um rapaz com síndrome de down me olhava e quando eu devolvi o olhar ele sorriu e acenou para mim, como que dizendo eu sem quem é você e estou feliz por estar aqui.

Muito emocionante.

Uma noite jantando em um restaurante perto do santuário, entramos e de cara avistamos um criança down com sua família.

Conversando muito eu e  Juliana sobre isso, pois estávamos admirados com tamanho número de pessoas com síndrome de down e esta troca de carinho pelo olhar.

E chegamos a conclusão: “Estamos em um Santuário, a casa de Deus um pedaço do céu, se eles são anjos, nada mais normal, os anjos se encontrarem aqui!”.

Um verdade, nossos anjos tem um lugar para se encontrarem e aquele é o local.

Voltamos para Portugal e fomos a Fátima, agradecer as benção e graças derramadas sobre nós.

Ali começou nossa caminha e nada melhor do que lá agradecer por tudo e agora com junto com a Maria Luísa.

Mais um momento de nos emocionar em pensar em tudo que passou e com a ajuda de Deus no colo da mãe estamos podendo atravessar.

No santuário de Santa Eufêmia pudemos agradecer e receber uma chuva de bençãos em nossas vidas.

A fé é algo importante e marcante em nossa caminhada.

Nunca deixar de ter fé e de acreditar, que tudo tem um proposito em nossas vidas.

Não podemos ficar nos perguntando “por ques” , pois um dia entenderemos os “para ques” da vida.

Um verdade que escutamos no início: “Deus não escolhe os preparados, prepara os escolhidos!”

 

 

Uma ideia sobre “Viajem especial

  1. Meu amor,
    Mais um texto perfeito e você sempre me emocionando nas palavras. Realmente Essa viagem ficará marcada para sempre pois foi tudo maravilhoso, encantador, mágico onde só nós sentimos cada benção recebida, cada amor, recebido, cada milagre feito, cada paz enfim um lugar onde só os anjos estão presentes e de uma certa forma, eles estavam lá não só para pedir proteção, cura ou milagre é sim para ajudar a Deus é nossa senhora de Lourdes a conceder os milagres e a curas a tantas pessoas doentes e necessitadas e desesperadas por um milagre ou cura.
    Cada dia mais tenho a certeza que fomos muito abençoado em sermos país e a Duda irmã da Malu pois ela é um anjo que entrou na nossa vida é na nossa família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *