TOC ando de Deus

deusSabe tem horas que quando penso no TOC, penso na ousadia de nossa mente, de como somos irracionais, pois o pensamento gerado nos leva agir como se fossemos Deus.

Ridículo, não! Também acho.

Pois, evitar um mal ou evitar que algo acontecer por que eu estou fazendo algum gesto, evitando alguma palavra, objetivo, etc, é dar a si mesmo um poder de Deus.

Estaríamos nos nos investindo de um poder que não temos.

Veja, só Deus existe, nos ama e seu amor é infinito e eles nós dá toda a graça que merecemos.

Mas daí, a dizer que se não fizermos algo assim ou assado algo vai acontecer, é se comparar a ele.

Aproveito também, para dizer que por muito tempo fiquei relacionando o TOC a religião.

Sim, pois fiquei relacionando a ataques do inimigo, a mau olhado, etc.

E me refugiava na religião, mas com o tempo passei a ver que tudo aumentava ainda mais quando rezava, fazia o sinal da cruz, pois como estava relacionando as duas coisas só piorava.

Pois os pensamentos se misturavam e a bomba se armava explodia.

Ficamos tempos fazendo, rezando o mesma oração o gesto até sair certo.

Mas uma coisa não se relaciona a outra.

Deus é bom, não nos aprisiona em rituais, ou medos.

O homem sim faz isso na religião e pode ter aqui também o TOC sua origem ou gatilho, pois quem não aprendeu ou teve informação de que ser não for bom, Deus castiga, etc.

E quando você não faz o esperado, “a obrigação”, o medo toma conta de você.

Você não faz mais por amor mas sim para evitar o medo.

É muito louco, mas ao mesmo tempo que você passa a se relacionar mau com Deus, você se investe do poder dele.

E para desembaraçar isso?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *