“We touch the future when we teach” – Tocamos o futuro quando ensinamos

logoChegou o dia da consulta com o geneticista Dr. Zan  Mustacchi.

Agora era hora de receber toda a informação e perguntar e enfim de ir a luta, de saber realmente como estavam as coisas.

Chegou a hora de entrar no mundo da Síndrome de Down!

Assim que entramos na clínica vemos inúmeras fotos de crianças com síndrome de down era um verdadeiro mergulho na síndrome de Down e mostrando que você não é e nunca será o único pai ou mãe a ter um filho ou filha com síndrome.

Olhando cada foto você vê inúmeras histórias, inúmeras famílias que vivem o que você apartir de agora está vivendo, cada uma a sua maneira, mas todos vivendo.

Fomos calorosamente recebidos pelo Dr. Zan, uma pessoa maravilhosa da qual eu virei fã, pelo seu conhecimento sem dúvida, mas pelo seu amor e acolhimento.

Ele iniciou a consulta com a frase, “We touch the future when we teach” – Tocamos o futuro quando ensinamos, e que hoje nos mostra um mundo de aprendizado que estamos recebendo dia-a-dia e que tem de ser compartilhado.

Foi uma consulta de mais de 4 horas nas qual passamos a entender que os downs nascem com hipotonia, o musculosos mais moles, que com a fisioterapia fará isso desaparecer.

Que a Juliana teria de  se alimentar com alimentos ricos em fósforos, pois o nosso segundo cérebro é o intestino, e os downs tem o intestino maior, portanto absorvem mais nutrientes e quanto mais rico em fosforo o alimento, a Luisa na fase de amamentação mais iria absorver fosforo.

E os downs tem uma deficiencia do cognitivo, assim como o Dr. Zan nos explicou: “Imagine uma floresta de mangueira, com todas as folhas se tocando isso é o cerebro de uma pessoa comum e assim as sinapses são rápidas.Agora imagina uma floresta de pinheiros, tem uma distância entre elas, e as sinapses são mais lentas.Se ingerirmos mais fosforo vai melhorar essas sinapses da criança.”

Assim a Juliana ingerindo mais fosforo, irá passar mais fosforo pelo leite materno a Luísa e assim ela irá ter melhores sinapses.

Cuidado na ingestão de açúcar, pois tem uma tendência ao diabetes.

E disse que a irmã, Duda, será a maior estimuladora dela, o que é a grande verdade.

Dr. Zan, ainda ressaltou que ela precisa e muito no contato com pessoas de toda a família, amigos, crianças, pois isso é o segredo da estimulação!

Ou seja, ela precisa de muito amor, palavras minhas!

Foram mais de quatro horas, de informações, exames e muito carinho.

Ao sair encontrarmos uma mãe de uma menina com down, que logo acolheu a Juliana.

De cara ela perguntou: “É a primeira consulta?” Nós logico que respondemos que sim.

Ela continuou: “Vocês vão ver que eles são ótimos, a minha filha chegou aqui com a promessa de nunca andar e hoje está andando…”

Mais uma vez, recepção carinhosa e acolhedora, de uma mãe que vive o que nos agora estávamos vivendo.

Um dialogo que mais tarde a minha esposa Juliana e suas amigas da clinica, iriam fazer com outras mães e pais que pela primeira vez iriam na clinica.

Uma conversa de acolhimento a este novo mundo ou melhor um mundo que sempre existiu mas nos pessoas comuns nunca participamos por sermos comuns.

Um mundo especial.

 

 

Uma ideia sobre ““We touch the future when we teach” – Tocamos o futuro quando ensinamos

  1. Amor,
    Mais uma vez o seu texto está perfeito entre todos os outros que você vem escrevendo e colocando.
    Foi uma consulta fantástica onde saímos encantados e ao mesmo tempo confuso com tantas informações recebidas e onde nunca passou pelas nossas cabeças que exitia esse outro mundo de informações tão diferentes da que estamos habituadas, diferentes e modo de dizer posso dizer que muito mais saudável e rica que faz bem não só para pessoas com Síndrome de Down mas para qualquer pessoa. A inteligência, o conhecimento e a segurança em que o Dr Zan nos passou nessa consulta nos deixou muito mais tranquilos pois percebemos ali que a nossa princesa estaria super assistida, protegida de qualquer coisa que pudesse acontecer, pois neles tudo é uma surpresa, e as coisas acontecem e aparecem de uma hora para outra e fora todo o amor e cuidado que o Dr Zan tem por eles, nunca vi nada igual, ele realmente ama o que faz e procura fazer tudo o que for de melhor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *