QUE O ESPÍRITO OLÍMPICO NUNCA ACABE

As olimpíadas 2016 chegam ao seu final e a próxima 2020 já se aproxima.

Recordes foram superados, medalhas foram alcançadas e o exemplo foi dado por inúmeros atletas durante esse período.

Muita mentira sobre o Brasil também foi dita, e muita verdade também foi mostrada, boa e ruim.

Agora, as olimpíadas terminam, mas que o espírito olímpico nunca acabe no Brasil e no Mundo.

montagem-medalhas-olimpicas

Os jogos olímpicos consagraram os melhores, mas faz o seu registro para aqueles que superam não só marcas, mas deixam as marcas do exemplo de esportividade e de ser humano.

corredoras-se-ajudaram-durante-prova-na-rio-2016-1471433652308_v2_300x300

Consagraram quem antes nunca teve o nome gritado, mencionado, ou nem sabiam de sua existência no nosso mundo do dia a dia.

tiago-braz-o-ouroesporte-olimpiada-judo-rafaela-silva-20160808-006

Isso são os jogos olímpicos.

São feitos por medalhistas, mas principalmente são feitos por todos os atletas e técnicos que muitas vezes não passam da primeira luta, fase ou classificatória  mas que sem eles as Olimpíadas não existiriam.

Por isso, o evento não coroa só os melhores, mas a todos que participaram até anonimamente a quem devemos muito respeito.

Que o Brasil, agora passado tudo, não perca o seu foco e abandone seus atletas, e que tenha aprendido que o esporte em todas as sua modalidades, com as pessoas certas seremos grandes.

Grandes não só no esporte, mas como nação, pois o esporte tem esse poder de juntar, unir e fazer crescer um pessoa e uma nação.

Atletas nos inspiram dentro e fora das quadras, pistas, tatames, com suas histórias e exemplos.

Quem não se tornou um atleta nesses dias? Quem não repetiu movimentos no sofá? Ou ainda, quem não foi treinar sua modalidade preferida e lá se imaginou na  olimpíada competindo?

Muito obrigado a todos os atletas que participaram das olimpíadas, PARABÉNS pelo o espetáculo que vocês proporcionaram.

E nós atletas amadores, de final de semana ou sedentários, levemos o exemplo de garra, determinação, superação para o nosso dia a dia, para sermos melhores todos os dias.

Vamos ser olímpicos, em nossas casas, com nossas famílias, em nossas empresas, em nossas tarefas!

Que este espírito olímpico, que busca não só a vitória, mas a alegria, a união, a paz, o fazer direito, o da ética, esteja em nossas vidas todos os dias.

CADA CORRIDA UMA HISTÓRIA – PARTE II

imageCada corrida é uma história e principalmente as corridas longas e importantes como a Asics Golden Four elas colocam ingredientes a mais na história.

No ano passado corri essa mesma prova e durante o percurso uma hérnia inguinal apareceu, o que me afastou das corridas por quase 6 meses, entre cirurgia, recuperação e recuperar a vontade de correr.

E agora estava eu ali novamente desafiando os 21 km.

Toda vez que é dia de corrida e tenho no domingo acordar às 5 horas da manhã me pergunto por que estou fazendo isso, só que nessa corrida tinha de acordar às 4 horas da manhã no último dia de férias escolares e frio foi de refletir muito.

Mas vamos lá!

Foi dada a largada os músculos ainda frios, começo a lembrar de tudo o que fiz e o que não fiz para estar bem preparado.

Em junho quiz desistir, cheguei a ligar para a realizadora do evento, pois eram tantas as preocupações, e o desânimo, que tinha resolvido desistir e pegar o dinheiro de volta.

Mas não dava mais tempo e minha esposa me deu uma bronca por estar pensando em cancelar.

Meus treinos estavam sendo realizados  somente na esteira, sem tempo para ir nos corredores da zona norte, nossa assessoria esportiva.

Quando então recebo mensagem do professor Marcelo Avelar:” Gui cadê vc é os treinos? Temos 21no próximo mês”.

Na corrida ou você está preparado ou então boa sorte, principalmente em prova de 21 km.

Passei a realmente me dedicar e não simplesmente correr, senti muita falta dos treinos funcionais.

Ao longo do tempo fui enviando meu treinos realizador para o professor Marcelo, grande campeão é motivador.

Suas palavras, seu exemplo, seu carinho com todos nós!

Tenho de agradecer a minha esposa Juliana pelo apoio, paciência e por me cobrar para treinar!

Ao mesmo tempo estava seguindo  o exemplo do Fabiano Borsato, pelo facebook, que tinha traçado nos 21 km das Asics uma mudança de hábitos.

O Fabiano que tive a alegria de reencontra-lo nos corredores da zona norte, ele que foi meu professor dos tempos da R White, da unidade voluntários.

O exemplo dele passou ser a minha motivação, cada post dele me fazia seguir em frente, e agradeço a ele o exemplo.

Cada km foi passando a paisagem mudando, pacaembu, centro, ibirapuera e jockey.

Quando vi a Brigadeiro, pensei em meu pai é toda a sua determinação é exemplo de vida.

No fim da avenida Brigadeiro Luis Antônio, deixei todos os problemas, TOC, preocupações e passei a ter garra para resolvê-los.

No Ibiraquera me emocionei quando pensei em minha família me esperando na linha de chegada!image

Nos túneis, em um dia 31/7, perdia a minha mãe.

Minhas pernas doem, como faz falta os treinos funcionais, e como os 10 kilos a mais, que não consegui perder, estão me atrapalhando.

Sabe por que é bom estar em uma equipe? De repente no túnel meio em transe, passa um amigo dos corredores da zona norte e passa incentivando: “Vamo!”

Acordei naquele momento.

Estamos chegando no final, os pés doem e uma discussão tem um ponto final: Guilherme 1 fala para Guilherme 2:” Chupa Guilherme! Não falei que eu conseguia!”

Loco era o Guilherne falando para o próprio Guilherme, estava fazendo auto coaching! E mostrando para mim mesmo que sou capaz de superar eu mesmo.

Agora a arrancada final! Cruzamos a linha final!image

A corrida não é só um exercício físico, ela traz resultados no corpo, na mente, na sua vida empresarial, cooperativa, familiar, motiva, une pessoas, etc.

Sem contar que é um momento de grande religiosidade, pois km da corrida é graças a Deus e como no meio das dores chamamos por ele.

A corrida acabou os ensinamentos não!

Ninguém corre por você, assim como ninguém vive a vida por nós! Sem estar preparado você não completa a prova, assim na vida!

E agora? Escolher a próxima!

Já está escolhida São Silvestre.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CADA CORRIDA UMA HISTÓRIA – PARTE I

imageCada corrida tem uma história e um significado, principalmente para denominado atleta amador.

Desde a inscrição até a corrida são tantos dias, tantas coisas na vida de um atleta amador.

O tempo passa rápido demais, quando menos esperamos já é o dia da corrida e mesmo preparados achamos que não estamos.

Me inscrevi logo nos primeiros dias de inscrições abertas, me inscrevi para a Golden Four Asics 2016.

E esse tempo entre a inscrição e a corrida é fogo, para mim um intervalo que me faz exercitar a paciência e determinação.

Somente no último mês que me dediquei realmente a corrida.

image image image image

Mas estamos aqui faltando um dia de escrever a história de mais uma corrida.

E a história da corrida só se conta depois de corrida!

Até amanhã!

 

 

 

 

 

Continuar lendo

UMA DESCULPA PARA ENGORDAR: EU CORRO

115Passado o período de recuperação da cirurgia, voltei aos treinos, tendo engordado, 12 kilos no período de quase 4 meses que fiquei parado.

Todo mundo falava que estava engordando justamente por tinha parado de correr, e passei acreditar que quando voltasse a correr voltaria a emagrecer, afinal eu tinha perdido 24 kilos.

Então voltei aos treinos e as corridas, mas barriga nada de diminuir, a insatisfação comigo mesmo começou a crescer e as pessoas perguntando se já tinha voltado a correr? Mas emagrecer que é bom, nada.

Será que a formula mágica não existe mais?

Um dia durante um treino na USP, brinquei com o professor Marcelo Avelar dos Corredores da Zona Norte:

“Pô Marcelo tá difícil emagrecer! E tenho corrido tanto!”

A resposta veio certeira:

“Mas o que você está comendo? Tá comendo muita besteira na padaria?”

Como todo bom gordo, respondi:

“Não lá não como nada!”

Já percebeu que quando queremos transferir a nossa responsabilidade ou quando queremos encontrar uma desculpa para o que sabemos que depende de nós rapinho arrumamos um frase pronta: “Não como nada”, “Devo estar correndo pouco”, etc, nunca olhamos e falamos a verdade.

“Eu corro”, tornou a frase chave para você pode comer a vontade!

Sim, o fato de estar praticando uma atividade física tinha liberado para comer tudo o que eu tivesse vontade, sempre com a desculpa de que estava praticando um esporte.

Mas não é bem assim, o fato de estar praticando um esporte não me liberar a comer todas as quantidades, todos os tipos de alimentos, a qualquer hora. Não estou liberado para comer demais a ter hábitos de alimentação não saudáveis, só porque corro.

A corrida faz parte de uma combinação entre alimentação saudável + esporte = vida melhor.

Lógico que podemos e devemos comer sanduíche, pizza, massas, carnes, doces mas tudo com moderação, em dias adequados.

Não devemos também sem ser obcecado demais pela alimentação saudável nos restringindo demais aos prazeres da alimentação.

Mas eu tinha perdido o limite da moderação, eu estava sendo alguém que praticava esporte, mas com o pensamento de alguém que não pensa saudável.

Tinha me tornado aquele atleta gordinho, o que me incomoda muito.

Um dia durante o treino, senti a barriga inchada, um desconforto do corpo e que passou para mente, era a hora de agir, parar de falar e entrar em ação, antes que velhos problemas voltassem.

A corrida é algo super saudável e ajuda a queimar as gorduras, mas sem uma dieta adequada, não adianta nada correr milhares de km que a barriga não vai diminuir.

Assim, parti para ação alimentação saudável, combinando com esporte, para ser feliz.

Sem exageros encontrando o ponto de equilibro no meio desse turbilhão que é a vida que levamos, repleta de ansiedade, problemas, soluções, alegrias, desafios e muita, muita corrida.

Equilíbrio e foco!

FELIZ PÁSCOA

JESUS-RESSUSCITADOHoje é o dia central da nossa fé! Hoje é o dia o motivo de tudo!

O motivo pelo qual falamos que existe um amor maior, o exemplo pelo qual Deus entregou o seu filho Jesus, a morte, para o perdão de nossos pecados.

A cruz a grande prova do amor de Deus para com seus filhos que somos nós.

Hoje um dia de festa da vida, festa do amor.

Para esse dia tão especial quero dividir a música “Entra na minha Casa” de Regis Danese.

Um música que é um poema especial para o dia de hoje!

Como Zaquel
Eu quero subir
O mais alto que eu puder
só pra te ver
Olhar para ti
E chamar sua atenção para mim
Eu preciso de ti senhor
Eu preciso de ti, oh pai
Sou pequeno de mais
Me dá a tua paz
largo tudo pra ti seguir
Entra na minha casa,
Entra na minha vida
Mexe com minha estrutura
Sara todas as feridas
Me ensina a ter santidade
Quero amar somente a ti
Porque o senhor é o meu bem maior
Faz o milagre em mim

Entra na minha casa,
Entra na minha vida
Mexe com minha estrutura
Sara todas as feridas
Me ensina a ter santidade
Quero amar somente a ti
Porque o senhor é o meu bem maior
Faz o milagre em mim

Feliz Páscoa

Encontrou algum erro na letra? Por favo

Link: http://www.vagalume.com.br/cartao-postal/entra-na-minha-casa.html#ixzz448Syxm9G

Corrida com Causa

imageHoje não é só uma corrida para superar tempo ou outro objetivo qualquer era uma homenagem a estas crianças e adultos que todos os dias superam limites.

Era a corrida por uma causa ou uma causa com uma corrida.

Como é lindo ver um projeto como o Instituto Olga Kos de pé atuante, como outros que existem em prol das pessoas com síndrome de down.

Uma corrida para homenagear pessoas que anônimas dedicam suas vidas, pelo seu próximo.

Uma corrida da família down!

image

Dia de agradecer a todas da família e amigos pelo amor incondicional pela minha filha, por a receber de corações abertos e a amá-la de uma forma incondicional!

De ver o quanto todos nós temos amor em nossos corações e às vezes precisamos de uma chave para abri-lo!

Uma corrida para ver o futuro, pois ficamos tão focados no dia a dia da minha filha, que esta foi uma oportunidade de ver  homens e mulheres down, vivendo e sendo felizes.

Um dia para correr e ver o carinho dos corredores pela causa,  e disso sou testemunha do carinho que o Marcelo Avelar e todos os Corredores da Zona Norte tem pela minha filha.

Dia para ver o número de pais e parentes que estão nessa causa.

E um dia para correr e se superar pois quer maior superação que desses guerreiros que todos os dias lutam e sempre com um sorriso no rosto!

Uma medalha para se ter orgulho de ter!

Circuito das Praias Etapa Peruibe – A superação

IMG_5301 (1)Se uma corrida vai ficar marcada para mim será esta, como a corrida da superação.

Diferente da última corrida que cheguei despreparado, desmotivado, nesta corrida estava totalmente o oposto, tinha treinando, tinha cumprido a planilha que o professor Marcelo Avelar, dos Corredores da Zona Norte me passou.

E mesmo ainda acima do peso, o último treino foi muito bom, com resultados que me deixaram muito animado.

Mas um novo componente iria entrar em ação.

Como estava tranquilo resolvi entrar na sessão resultados no site do organizador, para ver os tempos e resultados do pessoal do ano passado, nunca tinha tido essa curiosidade antes.

De cara vi o resultado do Marcelo Avelar que ganhou os 5km de 2015, e fui para o pessoal da minha categoria e vi que os tempos da galera.

Aquilo me deu uma nova motivação, a competição!

Fiquei analisando e me sentido o profissional: “Se fizer cada km e 6 minutos termino em 30 minutos e ainda fico entre os 20 primeiros, de acordo com esses resultados!”.

Não importava o quantos tinha na minha categoria, mas seria ficar entre os primeiros! Isso me deu uma força de vontade a mais para correr, nem a areia um terreno que nunca corri antes era problema.

Chegamos eu e minha esposa para corrida.

A corrida foi muito legal, o fato de estar na praia em contato com a natureza traz um ingrediente a mais para corrida.

colocação1Terminei a corrida em 29:16! Minha colocação 21º de 30 competidores da minha categoria.

Meu tempo bem abaixo do estava fazendo depois da cirurgia!

Durante a corrida, ao invés de pensamentos como: “Não vai conseguir!”, o mantra dessa fez na minha cabeça era outro:

Primeiro dos professores, dos Corredores da Zona Norte dizendo: ” Olha a postura, acerta a passada, joga o tronco para frente, alonga a passada!”

E quando me senti cansado ouvia o professor Marcelo Avelar dizendo:

“Vamo bora, vai Gui” ‘Boa!”

Sabe quando você chega na corrida você não sabe quem é da sua categoria ou não, mas o fato de estar competindo foi muito bom.

Agora tenho mais força e vontade para treinar mais ainda!

 

 

O que se aprende na corrida

Hoje percebo que a corrida foi uma das melhores escolhas da minha vida.

Sempre gostei muito de praticar esporte, pratiquei primeiro judô, depois natação e tênis (estes dois na R White da Unidade Voluntários, faz tempo!).

Depois na faculdade parei tudo, só retornando a pratica constante do esporte depois de um problema de saúde.

Mas os benefícios da pratica esportiva, em especial da corrida, estão aí, perda de peso, ganho de qualidade de vida, disposição, motivação e todos os ganhos são para toda a vida.

Mas a corrida não trouxe benefícios para o corpo, trouxe também para mente e para o meu comportamento.

Quando iniciamos a pratica da corrida começamos a desenvolver algo que muitas vezes fica esquecido em nossas vidas que se chama ter OBJETIVO/META.

Sim, ao correr qual o seu objetivo/meta? Perder peso, ganhar uma prova, se divertir, acompanhar os amigos, etc.

Estabelecemos assim um objetivo/meta, que usualmente esquecemos no nosso dia-a-dia.

Muitas vezes trabalhamos por trabalhar, sem pensar onde queremos, simplesmente no automático.

Ter objetivo é ter sonhos também!

Mas como iremos chegar lá? Em quanto tempo?

Precisamos de PLANEJAMENTO.

Iremos ingressar em uma equipe de corrida, assessoria esportiva, fazer nosso plano de treino, iremos nos inscrever em provas de rua, quantos dias da semana iremos treinar, etc.

Quantas vezes não planejamos nada, simplesmente vamos atras e quebramos a cara!

A falta de planejamento faz com que erremos muito, faz com que desistamos no meio do caminho.

Depois, você aprende o que é FOCO!

Sim, depois de traçado o seu objetivo, você quer alcança-lo, para isso você “focar” nele, até alcançar.

Para isso, você irá abrir mão de algumas coisas prazerosas, irá treinar, treinar, treinar, irá alinhar seu tempo com tempo da sua família, com o tempo do seu trabalho, vai mudar a sua vida.

Quantas e quantas vezes, quando temos algo para fazer deixamos de lado, pois não queremos fazer algo que nos tira da zona de conforto?

Quantas vezes perdemos o foco, pois não sabemos onde queremos chegar!

Aprendemos assim o que é DETERMINAÇÃO!

Em nossa vida, tudo depende 100% de nós, não temos como terceirizar nossas conquistas, nosso trabalho, nosso fracassos, temos sempre de estar em ação para conseguir algo.

Mas inúmeras vezes tentamos a todo custo terceirizar tudo inclusive a nossa culpa e nosso trabalho.

Para ter melhores resultados na empresa, necessito do meu empenho.

Para ser um melhor, pai, irmão, filho, marido, depende do meu empenho.

Parta ter melhores resultados na corrida, depende do meu empenho.

Tudo depende de mim.

E o que tem a corrida a ver com tudo isso.

Diferente dos alguns esportes, a corrida só depende de você.

O que você precisa para correr: Tênis, Calção, uma rua ou uma esteira?

O que mais, um horário? Aquele que for melhor para você!

Mas você pode ter tudo isso e não correr.

Então você precisa de você mesmo!

Percebeu que qualquer hora server, qualquer lugar, não há margem para desculpas.

Só depende de você, e talvez essa seja a grande mudança, você se comprometer com você e vencer você mesmo.

E quando eu desisto de treinar, eu estou desistindo de mim mesmo!

Estou desistindo da minha saúde, do meu trabalho, da minha família.

Veja uma corrida de manhã ou no final do dia, pode ser um dos maiores desafios da sua vida, que você superando você irá vencer aquela reunião difícil, ou outro desafio pessoal.

Não é só a corrida, é tudo o que ela significa.

Quando estou treinando e bate o cansaço, e quero parar eu penso logo: “Se você parar é o mesmo que eu parar o tratamento do TOC!” quando não quero ir por preguiça penso logo: “Você não indo é a mesmo coisa que não ir trabalhar!”

Pode em um momento parecer exagero, mas não é.

É um compromisso que inicia com sua saúde, pois sem saúde você não é nada e depois vai se conectando com tudo o mais da sua vida.

Quantas vezes não deixamos projetos pela metade, deixamos de nos encontrar com amigos, ou de fazer um programa diferente com a família, por causa da preguiça, de criar empecilhos, de criar problemas onde não existem, por não termos determinação para fazer isso.

Com a pratica do esporte,no meu caso a corrida, isso foi uma forma de destravar tudo isso.

Nunca desistir é um pensamento melhor do que todos os outros que em faziam desistir.

Nunca DESISTA!

E aprendemos o que é a VITÓRIA!

Chegar no seu objetivo pessoal é uma vitória  e o sabor dela somente quem alcança sabe como é!

Não importa o objetivo, grande, pequeno, fácil ou difícil o importante é alcança-lo!

Vencendo a si próprio

corrida 1Dia 31/01/16, 11ª edição da corrida oral B, não só a primeira corrida do ano, mas também a primeira corrida após a cirurgia.

Uma prova que gosto muito pois além de ser a primeira prova de rua que participei é também realizado no meu bairro.

Mas logo de cara um mantra se enfiou na minha cabeça: “Você não vai conseguir”, “Você vai se cansar logo”, “Você não se preparou”, blá, blá.

As frases se repetiam de tal forma que fui para corrida totalmente desmotivado.

Sei bem, que não tenho treinado direito, sei bem que ganhei 10 kilos a mais depois da cirurgia, não tenho me alimentado bem.

Mas estava inscrito, não sou de fugir só por que acho que não estou 100%, mas o que fazer?

Aqueles pensamentos, se repetiam, da mesma forma quando fui correr na série delta – Etapa Portugal/2015, no museu do Ipiranga, onde após a largada você já enfrenta um ladeira, pensava da mesma forma: “Não vai conseguir”.

Tinha o apoio da minha esposa, sobrinha, dos meus amigos!

Tinha de virar esse jogo!

A minha vontade de completar a prova, de ter o prazer de correr tinha de ser maior do que incertezas.

Iniciei a prova e fui no ritmo que meu corpo permitiu sem forçar, sem querer ser super herói, e assim defini um recomeço.

Fiz o tempo de 46 minutos, 1 minuto mais baixo do que a primeira vez que corri esta corrida (9ª edição da corrida oral B), e 7 minutos a mais do que a última edição (10ª edição da corrida oral B).

E devo admitir terminei cansado, mas agora vamos treinar, emagrecer para na próxima estar motivado do início ao fim.

Devemos sempre respeitar nosso corpo, mas inúmeras vezes, em situações diversas, nossa mente nos limita mais que nosso corpo, que nossa capacidade de fazer aquilo que desejamos ou pretendemos.

Temos de nos desafiar, não importando o tamanho do desafio, pequeno ou grande, pois todo o desafio é algo a ser superado.

Desafie-se, supere-se!

Não queime 2016 na largada

imageQueimar a largada, termo usado nas corridas de fórmula 1, no atletismo, na natação e em diversos outros esportes.

Quando isso ocorre, voltasse a largada, mas se o mesmo competidor queima novamente pode ser desclassificado.

No início do ano é muito comum, devido ao entusiasmo, a alegria, a euforia, a esperança, muitas vezes queimamos a largada do ano novo.

Saimos fazendo tudo de uma vez sem planejamento, somente utilizando o entusiasmo e a nossa força e o que acontece, nossos desejos, sonhos vão ficando pelo caminho durante o ano.

Estabeleço como meta correr 21 km, e logo no dia 2/01, corro 15 km, depois os 21 km, me machuco e tenho de parar de correr!

Sendo que primeiro tinha de fazer toda uma base, um preparação.

Quero mudar de emprego, mas antes tenho que me preparar para o mercado de trabalho, novos cursos, orientação profissional, antes de pedir as contas, sem perspectivas.

Quero abrir uma empresa, o que preciso saber ou fazer? Quanto vou investir?

Quero carro novo, roupas novas, saio comprando tudo sem antes analisar minhas finanças.

Antes de tudo, escrever o que queremos, trás muito resultados, depois traçar as estratégias, analisar tudos os lados,  os riscos, o que vou perder, o que vou ganhar!

Do que vou ter de abrir mão em nome do meu objetivo, estou disposto?!

Vamos dar a largada a um novo ano, a novas oportunidades de forma prazeirosa, confiante, planejadas com muita determinação, para termos no final do ano termos o sentimento de um ano bem vivido e realizado!

Feliz 2016!